FUTEBOL ONTEM HOJE E SEMPRE

Quinta Feira, 21 de Setembro de 2017

LIBERTADORES – Restou apenas um.

E não é que o time brasileiro que mais apostou na competição foi o único que sobrou?

Jogando um futebol extremamente pragmático mas com muito foco nos seus objetivos o tricolor gaúcho está na semifinal continental.

Terá pela frente o surpreendente BARCELONA do Equador.

Que este time equatoriano é a sensação do torneio até agora é fato.

Agora a condição de favorito do GRÊMIO é inquestionável.

Tem tudo para estar em mais uma final e quem sabe conquistando a América mais uma vez.

Louve-se a atuação do BOTAFOGO em toda a competição.

Com um time modesto apenas chegou bem longe e só parou nas quartas por falta de um jogador mais qualificado em seu meio campo.

Na outra partida, o SANTOS pagou pela inexperiência de seus jogadores além de ter ficado sem seu principal atleta no jogo decisivo.

Lucas Lima fez muita falta.

Agora nada justifica o nervosismo de seus jogadores ao final do jogo.

As equipes brasileiras precisam aprender a suportar derrotas, isto é do futebol.

Ano que vem tem mais.

SUL AMERICANA

Ainda na esteira do nervosismo, também inaceitável o comportamento dos jogadores do CORINTHIANS ontem em Avellaneda.

Ser eliminado após dois empates com o RACING é absolutamente normal.

O timão perdeu a classificação ao não fazer o dever de casa na semana passada e ponto.

Nada mais a reclamar.

O nível do futebol jogado em nossas terras já não é o mesmo e faz tempo.

Nossas equipes querem ganhar os jogos na marra.

Na contra mão de todo este “imbroglio”aparece o FLAMENGO.

O rubro negro parece ter superado o terrível tropeço na Libertadores no começo do ano e tem boas condições de conquistar o título da Copa do Brasil além de ir mais longe na Sul Americana.

Um nome se destaca nesta equipe flamenguista, Reinaldo Rueda.

Olho neste nome que deverá ser o técnico da seleção colombiana após a Rússia 2018.

E hoje tem FLUMINENSE em Quito contra a LDU.

Espero que os tricolores tenham visto os jogos de ontem e entrem em campo apenas para jogar futebol.

Que Scarpa e seus companheiros estejam focados no jogo e nada mais.

Esqueçam o extracampo e a pressão das arquibancadas.

Já imaginaram um FLA FLU na fase seguinte da competição?

Em tempo, terei o prazer de reportar e comentar este jogo nas ondas da FREQUÊNCIA MÁXIMA ao lado de Felipe Reis a partir da 19:15 hs.

Conto com a sua audiência.

Comentários, Críticas e Sugestões de Pauta sempre bem vindos.