UM FLA X FLU PARA GUARDAR NA MEMÓRIA

O jogo decisivo de ontem, 07/05, não foi apenas mais um clássico entre Flamengo e Fluminense. A partida já começou emocionante, com o Tricolor abrindo o marcador logo aos 3 minutos, após um início em que o adversário praticamente não tocou na bola. Era o que os tricolores esperavam, pois a vantagem do Flamengo, obtida no primeiro embate, deixava de existir. Daí em diante, uma partida cheia de emoção. O Rubro-negro partiu para cima, buscando o empate que lhe daria o título, e consequentemente se expôs aos contra-ataques velozes sob o comando dos garotos Richarlisson e Wellington Silva, que para sorte do Flamengo não estiveram muito inspirados na tarde de ontem no Maracanã. O Flamengo apertava, mas errava no último passe e nas conclusões que não iam na direção do gol.

Veio o segundo tempo e o Fluminense, ousadamente, mudou sua postura, adiantando a marcação e não deixando que o Flamengo construísse suas jogadas. Por pouco não chegou ao segundo gol, o que praticamente lhe garantiria o título. Mas então brilhou a estrela de Guerrero. Num escanteio cobrado pela direita, a bola foi mal afastada pelo goleiro Cavallieri e sobrou para o peruano empurrar para o fundo das redes. Era o empate que trazia de volta às mãos rubro-negras o título carioca de 2017.

Daí em diante o jogo foi pura emoção. As torcidas empurravam seus times para o ataque, principalmente os tricolores, e o time se entregou ao máximo na busca do segundo gol que levaria a decisão para os pênaltis. O Fluminense ficou completamente exposto aos contra-ataques do Flamengo, que a essa altura tinha em campo o jogador Rodinei e puxava com incrível velocidade as saídas de bola. Numa dessas jogadas, Cavallieri não teve outra opção, ao trocar o segundo gol do Flamengo pela sua própria expulsão, quando fez uma falta no jogador rubro-negro na sua intermediária. Abel já havia feito as três substituições e Orejuela teve que ir para o gol. Já nos acréscimos, aos 50 minutos, Rodinei em nova arrancada, e sozinho à frente do “goleiro” tricolor, fez o gol da virada para delírio da fanática torcida do Mengão. Quase 70 mil torcedores fizeram uma grande festa no Maracanã.

O Flamengo conquistou, de forma merecida o seu título carioca de número 34, três à frente do Fluminense, e ressalte-se, pela sexta vez de forma invicta, o que é um feito a ser muito comemorado. Parabéns às duas equipes por terem chegado com justiça às finais do Carioca 2017, e parabéns ao Flamengo pela bela conquista.